10 passos para prevenir um AVC

O Dia Mundial de Combate ao AVC, celebrado hoje, alerta para a prevenção da doença cerebral que mais mata no país. Saiba como se cuidar para não ter um derrame, como é popularmente chamado.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 17 milhões de pessoas sofrem AVC todos os anos. Desse número, 6,5 milhões acabam não resistindo às sequelas. No Brasil, o número anual de mortes pela doença está na casa dos 100 mil. São dados fortes, mas que podem ser combatidos com a adoção de hábitos saudáveis, segundo os médicos. Em qualquer hora, a qualquer lugar Quem tem mais de 65 anos possui maior risco de desenvolver o quadro, mas em 10% dos casos pessoas com menos de 45 anos também são atingidas. Os principais sinais são a mudança do sorriso, que fica assimétrico ou "torto", a perda de força de um dos braços e a fala enrolada, com dificuldade. Ao surgimento de qualquer desses sintomas, é imprescindível que se procure a emergência ou uma assistência médica.

O AVC pode ser de dois tipos: isquêmico, que é o mais comum, ou hemorrágico, que é o mais grave. As duas formas podem ocorrer em qualquer momento do dia, mesmo durante o sono. Hoje já é possível tratar um paciente que passou por um derrame, mas a prevenção ainda é a maior aliada na busca de uma vida saudável e fora dessas estatísticas. Por isso, confira as dicas que separamos para vocês! Pequenas mudanças que podem fazer toda a diferença 1 - Evite o tabaco. Quem fuma tem duas vezes mais chances de ter um AVC, por isso parar é a melhor escolha para a sua saúde. 2 - Diminua o consumo de álcool. Quem ingere muita bebida alcoólica contribui para o aumento da pressão arterial, que pode ser muito perigoso. 3 - Inclua o consumo de frutas e verduras nas suas refeições. Esses alimentos contribuem para a saúde do coração e para o melhor funcionamento do seu organismo. 4 - Substitua as carnes com muita gordura, ou muito vermelhas, por carnes brancas, peixes ou pratos vegetarianos. 5 - Diminua o consumo de sal. Evite acrescentar esse ingrediente às suas refeições e evite alimentos processados, ricos em sódio. 6 - Inclua mais fibras na sua alimentação e diminua as gorduras. As fibras são ótimas aliadas para a sua saúde! 7 - Cuide do seu peso. A obesidade é um fator de risco para a pressão alta e diabetes, que podem contribuir para um derrame. Busque auxílio de um nutricionista caso tenha dificuldade de controlar a alimentação. 8 - Pratique atividades físicas. Você estará se beneficiando de diversas formas, contribuindo para a sua saúde, combatendo o sedentarismo e ainda gastando energia! 9 - Realize um acompanhamento médico, fazendo o check-up e estando atento aos sinais do seu corpo. O profissional saberá indicar fatores de risco e como tratá-los. 10 - Controle o seu stress. Distúrbios psicológicos e uma rotina muito estressante podem levar a diversos problemas, sedentarismo e consequências que o seu corpo sentirá na pele. São apenas algumas orientações para você ter mais qualidade de vida e bem-estar, de forma a prevenir a incidência de doenças e, principalmente, de um AVC. Para dúvidas ou mais informações, consulte um profissional da saúde.

Aqui na Omedic temos uma equipe multidisciplinar que pode proporcionar a você um atendimento integrado e completo! Consulte nossos profissionais da saúde aqui e agende a sua consulta pelos números 📞 3632-2548 e 📲 99146-8716 ou pelo nosso agendamento online, clicando neste link.